SEMANA



Desde a terceira turma, no segundo semestre de cada ano, é realizada uma nova edição da Semana do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI, na qual são experimentadas (em encenações, leituras em cena, performances, vídeo leituras e em ações diversas) as dramaturgias criadas por cada autor(a) a partir de um jogo proposto pelo coordenador.
Confira, a seguir, a programação das primeiras edições da Semana:


Primeira Semana (terceira turma – 2017)


Segunda Semana (quarta turma – 2018)


E também a programação completa da Terceira Semana do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI, de 7 a 12 de outubro de 2019 no Oi Futuro Flamengo:


Terceira Semana do Núcleo de Dramaturgia

De 7 a 12 de outubro de 2019 no Oi Futuro Flamengo
Curadoria e Direção Geral: Diogo Liberano | Produção: Breno Motta



Segunda-feira, 07 de outubro

15h às 17h – Conversa – Pedagogia da dramaturgia ou Como ensinar (a escrever) dramaturgia? – Com Gustavo Colombini (diretor e dramaturgo formado pelo Núcleo de Dramaturgia de São Paulo) e Lígia Souza Oliveira (dramaturga, pesquisadora e atual coordenadora do Núcleo de Dramaturgia SESI/PR). Mediação de Diogo Liberano (coordenador do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI).


17h às 19h – Lançamento das publicações da quarta turma (2018) – Seguido de conversa com as autoras e o autor publicadxs: Marcéli Torquato (“Saia”), Lane Lopes (“Só percebo que estou correndo quando vejo que estou caindo”) e Jonatan Magella (“DESCULPE O TRANSTORNO”). Mediação de Diogo Liberano (coordenador do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI).


20h – Encenação – Dramaturgia “Cume” de Filipe Meira encenada com direção de Inez Viana.



Terça-feira, 08 de outubro

14h às 16h – Leitura-Crítica – “A torre de Argento do Tombo” de Tiago Torres lida e comentada presencialmente – e pela primeira vez – pelo ator e diretor Cesar Augusto.


17h às 20h – Leitura-em-Cena – “BALANÇO moving” de Leonardo Hinckel e “Laika” de João Ricardo lidas em cena pelo grupo Teatro Voador Não Identificado (TVNI).



Quarta-feira, 09 de outubro

15h às 17h – Conversa – Para que serve uma (formação em) dramaturgia? – Entre autoras formadas pelo Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI: Nivea Oliveira (1ª Turma), Luíza Goulart (3ª Turma) e Sheila Kaplan (4ª Turma). Mediação de Diogo Liberano (coordenador do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI).


17h às 19h – Conversa – Você escreve para quem? – Com Álamo Facó (ator e dramaturgo) e Jô Bilac (dramaturgo). Mediação de Diogo Liberano (coordenador do Núcleo de Dramaturgia Firjan SESI).


20h – Conversa – Encenação – Dramaturgia “Anima” de Suzana Velasco encenada com direção de Gunnar Borges.



Quinta-feira, 10 de outubro

14h às 16h – Leitura-Crítica – “MEL” de Mayara Máximo lida e comentada presencialmente – e pela primeira vez – pela atriz Mariana Lima.


17h às 20h – Leitura-em-Cena – “nenhum futuro: dos 25 dias em que ele esteve empregado” de Paulo Barbeto e “SEGUNDA VOZ” de Marcos Bassini lidas em cena pela Cia. Código de Artes Cênicas.



Sexta-feira, 11 de outubro

15h às 17h – Performance – “BRUXA BRUXA BRUXA” de Teo Pasquiniv, “GYNÓIDES” de Sergio Lipkin e “Relâmpagos, Tormenta, Chuva Fina” de Sonia Alves experimentadas – via ações performativas – pelo Grupo Barka.




Sábado, 12 de outubro

Oficina – “Livro em performance – O teatro no interior do texto” com Lígia Souza Oliveira (dramaturga, pesquisadora e atual coordenadora do Núcleo de Dramaturgia SESI/PR).



De 7 a 10 de outubro, no café do Teatro Oi Futuro Flamengo:


Vídeo-leituras: Quatro dramaturgias lidas e gravadas em vídeo exibidas, em looping, no café do Teatro Oi Futuro Flamengo (e também disponíveis online):
Soraya Ravenle lê “ANTES DURANTE DEPOIS (e tudo agora)” de Gabriela Chalub; Felipe Frazão lê “Não Derramar Sobre Fogo” de Lúcio Martínez; Laura Nielsen lê “quadro-a-quadro” de Agatha Duarte; e Drayson Menezes lê “TRAÇANTE” de Zé Alex.
Stand de vendas da coleção Dramaturgia da Editora Cobogó.